Confronto: Newcastle x Manchester City
Estádio: St. James Park - em Newcastle, na Inglaterra
Data: 13 de janeiro de 2024, às 14h30 (horário de Brasília)
Torneio: Premier League | 21ª rodada
Transmissão: Star+
Árbitro: Chris Kavanagh (Inglaterra)

Prognóstico:

  • No retrospecto geral entre as equipes são 190 jogos oficiais, com 73 vitórias do Newcastle, 41 empates e 76 vitórias do Manchester City;
  • No último confronto entre as equipes, vitória por 1 a 0 do Newcastle pela Copa da Liga Inglesa 23/24;
  • Quatro dos últimos cinco jogos entre Newcastle x Manchester City tiveram mais de 4,5 cartões.
  • Sete dos último oito jogos do Manchester City tiveram mais de 2,5 gols.

O Newcastle United ganhou a partida mais recente, na Copa da Inglaterra, mas tinha sofrido três derrotas consecutivas. Em contraponto, o Manchester City tem uma série invicta de oito confrontos e conta com o retorno de Kevin De Bruyne, assim como Jérémy Doku.
Reforçado e contra uma equipe em má fase, o City é favorito para o duelo. A dica de aposta é vitória do Manchester City

Dupla aposta

ANÁLISE COMPLETA

Em duelo pela 21ª rodada do Campeonato Inglês, o Newcastle United terá pela frente o Manchester City. O juiz apita o começo do jogo neste sábado (13), às 16h (de Brasília) e o palco será o Estádio St. James’ Park, em Newcastle, Inglaterra. Assista na ESPN e no STAR+.

Os comandados de Pep Guardiola têm 40 pontos na competição, em 19 jogos disputados. Com uma vitória, o City assume a vice-liderança da Premier League. Os visitantes tem um jogo a menos que os rivais e busca novamente se aproximar da ponta. Um triunfo vai fazer a equipe ficar apenas dois atrás do Liverpool, atual líder.

De um lado teremos um time que é o novo rico, e bota rico nisso, pois é o clube com mais dinheiro no mundo todo, o Newcastle. Do outro teremos um time que já foi chamado de novo rico uma década atrás, mas que hoje é consolidado não só como uma potência financeira, mas também esportiva, o Manchester City. E eles vão batalhar pela Premier League neste sábado (13) em um dos jogos mais interessantes do futebol europeu neste final de semana.

Mais do que o desempenho econômico dos dois times, entre os que mais gastaram nos últimos anos no futebol mundial, está também a questão esportiva da coisa. Enquanto o Newcastle patina nos seus primeiros anos como rico, o Manchester City pode ensinar aos Magpies uma lição muito importante: dinheiro é muita coisa no futebol, mas está longe — bem longe — se der tudo. Um projeto esportivo é talvez o mais fundamental, e os Citizens, no ano passado, coroaram isso com os títulos inéditos da Champions League e do Mundial de Clubes.

Como chega o Newcastle?

Campanha na Premier League:18º
Jogos25
Pontos27
Vitórias – Empates – Derrotas10-5-10
Gols Pró – Gols Contra35-30

No lado dos mandantes, o Newcastle não está em boa fase. A equipe vem perdendo rendimento e foi derrotado nos últimos três jogos. Atualmente, os donos de casa ocupam a nona colocação, com 29 pontos. Os alvinegros, eliminados da Champions League, na fase de grupos, não se encontram em zona de classificação para nenhuma competição europeia para a próxima temporada.

O Newcastle United venceu o Sunderland pela fase de 32 avos de final da Copa da Inglaterra com o placar elástico de 3 a 0. As equipes se encontraram no estádio da Luz e The Magpies tiveram ótima performance mesmo sendo visitantes. No minuto 35, Joelinton cruzou forte na área e Daniel Ballard fez gol contra. Já na segunda etapa, com duas falhas defensivas dos The Black Cats, Alexander Isak ampliou com mais dois gols.

Em partida contra o Liverpool pela 20ª rodada do Campeonato Inglês, perdeu por 4 a 2 atuando em Anfield. Os Reds controlaram o confronto durante os 90 minutos e criaram inúmeras jogadas perigosas. Entre as oportunidades, o time da casa marcou com Mohamed Salah em dois momentos, Curtis Jones ampliou e Cody Gakpo fez o quarto. The Toon apenas descontou com Isak e Sven Botman.

Do lado do Newcastle, resta absorver todo esse aprendizado que o projeto do Manchester City oferece, mostrando que injeção financeira ajuda sim no curto prazo, mas não serve de muito se o longo prazo não estiver no horizonte. Claro, ainda não deu tempo do Newcastle se consolidar, mas já é em tempo de olhar para novos ricos vitoriosos, como são os Citizens e como por anos foi o Chelsea, por exemplo, para entre erros e acertos, entender o que precisa ser feito.

No lado esportivo da coisa, vencer o City, mesmo jogando em casa, será uma árdua missão para um Newcastle que patina feio na temporada. Na Champions League, lanterninha no grupo da morte e nem o prêmio de consolação de se classificar para a Liga Europa os Magpies tiveram. Na Premier League, uma incômoda nona posição, com 29 pontos somados e uma distância que, dado o desempenho recente, começa a assustar em relação aos times que vão para competições europeias — o quinto colocado, Tottenham, tem 34 pontos atualmente.

Com quatro derrotas nos últimos cinco jogos do Campeonato Inglês, o jogo de hoje será um ponto de virada para o Newcastle. Se perder, será na próxima temporada apenas um clube cheio de dinheiro, mas sem uma competição internacional para disputar. Dificulta tudo, é óbvio.

Os times se enfrentaram 190 vezes na história, com muito equilíbrio no retrospecto: são 76 vitórias para o Manchester City, 73 para o Newcastle e 41 empates. Na última vez que dividiram o gramado, o Newcastle eliminou os Citizens na terceira fase da Copa da Liga Inglesa. O placar magro de 1×0 teve gol de Isak.

Atuando como mandante? Embora tenha perdido para o Nottingham Forest em seu último jogo como mandante, o Newcastle acumulava sete vitórias consecutivas jogando diante de seu torcedor.

E os desfalques? Nomes como Nick Pope, Javier Manquillo, Jacob Murphy, Elliot Anderson e Sandro Tonali seguem fora de ação. Joelinton virou baixa pelas próximas seis semanas.

Quem se destaca?

PROVÁVEL ESCALAÇÃO:JGACACV
G: Dubravka
D: Trippier
D: Schar
D: Botman
D: Burn
M: Longstaff
M: Bruno Guimarães
M: Miley
A: Almirón
A: Isak
A: Gordon
T: Eddie Howe
G: Gols / A: Assistências / CA: Cartões Amarelos / CV: Cartões Vermelhos / J: Jogos Disputados. (2023-24)

Desfalques:

Joe Willock (lesão);
Callum Wilson (lesão);
Targett (lesão);
Nick Pope (lesão);
Jacob Murphy (lesão);
Harvey Barnes (lesão);
Elliot Anderson (lesão);
Javi Manquillo (lesão);
Joelinton (lesão).

Destaque:

Morgan Rogers

+

Líderes:

Cartões: M. Jussa: 10A, 0V
Gols:
B. Rodrigues: 13
Assistências:
B. Rodrigues: 7

Como chega o City?

Campanha na Premier League:
Jogos20
Pontos31
Vitórias – Empates – Derrotas10-1-9
Gols Pró – Gols Contra22-27

Do lado dos forasteiros, o Manchester City está em uma ótima fase e chega para esta 21ª rodada do Campeonato Inglês com invencibilidade de oito jogos. Nesse meio-tempo, emplacou sete vitórias e empatou apenas uma vez.

Na tabela da Premier League, The Citizens ocupam o terceiro lugar com 40 pontos, diferença de cinco para o primeiro, Liverpool. Entre os 19 jogos que já atuou, saiu vitorioso em 12, ficou na igualdade quatro vezes e foi derrotado em três. Atual campeã da Liga dos Campeões, a equipe de Guardiola passou em primeiro lugar no Grupo G com 18 pontos, onde venceu todas as seis partidas disputadas. O Copenhague será o seu adversário nas oitavas de final.

O último embate do City foi contra o Huddersfield Town pela terceira rodada da Copa da Inglaterra. A bola rolou no Etihad Stadium e os azuis de Manchester golearam por 5 a 0. Phil Foden contribuiu com dois para esta goleada, Julián Álvarez ampliou, Jérémy Doku também marcou e Ben Jackson fez gol contra. Com esse resultado, o Manchester City avançou para a fase seguinte e encara o Tottenham.

O Manchester City, tal qual o Newcastle, também patinou em seus primeiros anos abonado de dinheiro. Fez diversas contratações que foram, no mínimo, questionáveis, e em muitos momentos parecia escolher os seus alvos no mercado de transferências muito mais pelo status que eles carregavam do que pelo que poderia representar em campo. Mesmo tendo conquistado a Premier League antes, foi apenas com Pep Guardiola que o City passou a ter algo que é fundamental: um projeto futebolístico consistente.

Tal projeto não conta apenas com contratações e seria absurdo falar que Guardiola não teve dinheiro à disposição. Pelo contrário, talvez nenhum treinador na história tenha tido tantos recursos para contratar quanto o espanhol pelo Manchester City, mas é só pegar o histórico e veremos que as contratações passaram a seguir uma linha, fazer sentido. E mais do que isso, todo departamento de futebol do clube foi mexido e, hoje, os Citizens não apenas compram muito (e bem), como também revelam com maestria.

Phil Foden talvez seja a maior joia desta coroa, sendo hoje fundamental ao time, que não gastou nenhum centavo com ele, já que o formou em suas categorias de base. Foden subiu já sabendo como o Manchester City joga, formado em uma base que trabalha para suprir a equipe principal de talentos. Estilo de jogo, conexão entre jovens e profissionais, regras estabelecidas. Tudo isso aliado ao dinheiro fez do City o que ele é hoje.

E, hoje, o Manchester City é um time que, se vencer o Liverpool, igualará o atual líder da Premier League em números de partidas e ficará apenas dois pontos atrás. Uma retomada e tanto para um time que, antes de vencer o Fluminense no Mundial, era tido como ‘morto’ por um mês de novembro abaixo da média.

Atuando como visitante? Vale destacar que o Manchester City é o melhor visitante da Premier League 23/24. São 19 pontos em dez jogos. O time tem seis vitórias, um empate e três derrotas neste recorte.

E os desfalques? O City, com suas principais estrelas novamente à disposição, tende a vencer um rival que decepciona na temporada.

Quem se destaca? Substituir Erling Haaland não pode ser considerada uma tarefa fácil, mas o argentino vem correspondendo e já tem 13 gols em 29 jogos disputados na temporada. Seis deles somente na Premier League. Além disso, Álvarez marcou cinco gols nos últimos quatro jogos e é uma uma boa posta para balançar as redes no St James’ Park. 

PROVÁVEL ESCALAÇÃO:JGACACV
G: Ederson
D: Walker
D: Rúben Dias
D: Ake
D: Gvardiol
M: Rodri
M: Kovacic
M: Bernardo Silva
M: Phil Foden
M: Grealish
A: Julián Álvarez
T: Pep Guardiola
G: Gols / A: Assistências / CA: Cartões Amarelos / CV: Cartões Vermelhos / J: Jogos Disputados. (2023-24)

Desfalques:

John Stones (lesão);
Haaland (lesão).

Destaque:

Cole Palmer

+

Líderes:

Cartões: Fernandinho: 21A, 1V
Gols:
V. Roque: 20
Assistências:
A. Canobbio: 9

Você sabia?

Clique aqui e saiba como iniciar nas apostas esportivas

Não esqueça de compartilhar essa tip com seu amigo no Whatsapp clicando no botão abaixo