Clubes quebraram recorde de investimento ao longo da última janela do mercado de transferências

O mercado de transferências do futebol brasileiro foi bastante movimentado ao longo de toda temporada 2024.

As equipes fizeram várias aquisições, e obviamente, tiveram que abrir mão de grandes montantes para se reforçar.

Um dos times que mais investiu dinheiro em reforços, foi o Flamengo, seguido de alguns rivais do Brasileirão.

Além disso, eles fizeram uma das contratações mais caras do cenário nacional de futebol até o presente momento.

Luiz Henrique na liderança

Sendo a contratação mais cara da história do futebol brasileiro, o volante Luis Henrique é o jogador mais caro da temporada do Brasileirão até então. Para poder contar com ele, o Botafogo teve que gastar cerca de R$85.9 milhões, isso sem contar luvas e outros investimentos.

(Photo by Fran Santiago/Getty Images)

A segunda contratação mais cara do mercado, foi o uruguaio Nicolas De La Cruz, que foi contratado pelo Flamengo. Para anunciar o jogador como seu contratado, o Mengão teve que pagar cerca de R$77,7 milhões. Com luvas e outros pagamentos, o valor total do meia ficou na casa dos R$100 milhões.

Foto: Thiago Ribeiro/AGIF

Fechando o top 3, outra contratação do Flamengo, desta vez, para o seu sistema defensivo. O uruguaio Matias Vina, que pertencia a Roma, forçou ao time Carioca a pagar a quantia de R$42,8 milhões pela sua compra.

O restante do ranking fica da seguinte forma até o momento:

4º – Léo Ortiz, Flamengo – R$37,5M

5º – Anibal Moreno, Palmeiras – R$34,4M

6º – Rodrigo Garro, Corinthians – R$34,3M

7º – Borré, Internacional – R$33,3M

8º – João Victor, Vasco – R$32M

9º – Félix Torres, Corinthians – R$31M

10º – Gustavo Scarpa, Atlético MG – R$27M

Fonte: Somos Fanáticos

Dupla Aposta