O novo formato da competição contará com 32 equipes classificadas a partir de 2025

A Fifa confirmou que o Mundial de Clubes de 2025, que será disputado em um formato semelhante ao da Copa do Mundo de seleções, será nos Estados Unidos. À medida que o tempo passa, as equipes vão confirmando suas respectivas vagas para a disputa do torneio.

O conselho técnico da Fifa, aliás, aprovou por unanimidade a distribuição de vagas para o novo Mundial de Clubes, que terá 32 equipes e será disputado entre 15 de junho e 13 de julho de 2025. Segundo a organização, a escolha foi baseada em um conjunto de métricas e critérios objetivos, possibilitando um maior número de vagas ao futebol europeu.

Para o novo torneio, inclusive, estão confirmadas as presenças de Palmeiras, Flamengo e Fluminense, já que os campeões da Libertadores de 2021 a 2024 garantem vagas. O modelo disputado entre 2005 a 2023 será substituído por uma Copa Intercontinental, enquanto este formato com 32 equipes será disputado a cada quatro anos. Veja aqui tudo sobre a nova versão do Mundial para 2025.

Foto: Getty Images

Como será o novo Mundial de Clubes?

Assim como a Copa do Mundo entre seleções, o novo Mundial de Clubes será disputado também de quatro em quatro anos. A competição vai contar com 32 equipes, diferente da atual edição, que tem presença de apenas sete times disputando o título.

A entidade informou o formato de disputa da competição: oito grupos com quatro times cada que se enfrentam em turno único; os dois melhores se classificam às oitavas de final; mata-mata em jogo único; não haverá disputa de terceiro lugar.

Foto: Getty Images

Quantos clubes vão participar e como será a distribuição de vagas do novo Mundial de Clubes?

O novo Mundial de Clubes terá a presença de 32 times. Segundo a Fifa, a decisão foi tomada baseada em critérios objetivos, o que garante mais vagas ao continente europeu. Foi confirmado, inclusive, que as equipes campeãs de 2021 a 2024 da Copa Libertadores estarão no torneio, o que garante a presença de Palmeiras, Flamengo e Fluminense para o torneio de 2025. A exceção é a Oceania, cujo participante estará classificado a partir do rendimento em sua competição continental (OFC Champions League) ao longo desse período de quatro anos.

Em comunicado, a Fifa explicou posteriormente que, caso um dos clubes seja campeão continental mais de uma vez, a vaga (ou vagas) será herdada pelo time melhor classificado no ranking de clubes de cada confederação no período 2021-2024: no caso da América do Sul, o ranking da Conmebol será o critério utilizado.

Veja:

  • AFC (Ásia): 4 vagas – Campeão da Liga dos Campeões da AFC de 2021, 2022 e 2023 + Clube escolhido do ranking do continente
  • CAF (África): 4 vagas – Campeão da Liga dos Campeões da CAF de 2020/21, 2021/22 e 2023/24 + Clube escolhido do ranking do continente
  • Concacaf (América do Norte, Central e Caribe): 4 vagas – Campeão da Liga dos Campeões da CONCACAF de 2021, 2022, 2023 e 2024
  • Conmebol (América do Sul): 6 vagas – Campeão da Copa Libertadores da América de 2021, 2022, 2023 e 2024 + Dois clubes escolhidos do ranking do continente
  • OFC (Oceania): 1 vaga – Clube escolhido do ranking do continente
  • UEFA (Europa): 12 vagas – Campeão da Liga dos Campeões da UEFA de 2020/21, 2021/22, 2022/23 e 2023/24 + Oito clubes escolhidos do ranking do continente
  • País-sede do torneio: 1 vaga
Foto: Getty Images

Os times já classificados ao Mundial de Clubes de 2025

UEFA

Chelsea (Inglaterra) – Campeão da Liga dos Campeões 2020/21

Real Madrid (Espanha) – Campeão da Liga dos Campeões 2021/22

Manchester City (Inglaterra) – Campeão da Liga dos Campeões 2022/23

Borussia Dortmund (Alemanha) – através do ranking da UEFA

Bayern de Munique (Alemanha) – através do ranking da UEFA

Paris Saint-Germain (França) – através do ranking da UEFA

Inter de Milão (Itália) – através do ranking da UEFA

Porto (Portugal) – através do ranking da UEFA

Benfica (Portugal) – através do ranking da UEFA

Juventus (Itália) – através do ranking da UEFA

Atlético de Madrid (Espanha) – através do ranking da UEFA

Red Bull Salzburg (Áustria) – através do ranking da UEFA

CONMEBOL – A definir (duas vagas restantes)

Palmeiras (Brasil) – Campeão da Copa Libertadores da América de 2021

Flamengo (Brasil) – Campeão da Copa Libertadores da América de 2022

Fluminense (Brasil) – Campeão da Copa Libertadores da América de 2023

River Plate (Argentina) – através do ranking da Conmebol

AFC – A definir (uma vaga restante)

Al Hilal (Arábia Saudita) – Campeão da Liga dos Campeões da AFC de 2023

Urawa Red Diamonds (Japão) – Campeão da Liga dos Campeões da AFC de 2022

Ulsan HD (Coreia do Sul) – através do ranking da AFC

CAF

Al Ahly (Egito) – Campeão da Liga dos Campeões da CAF de 2020/21

Wydad Casablanca (Marrocos) – Campeão da Liga dos Campeões da CAF de 2021/22

Mamelodi Sundowns (África do Sul) – através do ranking da CAF

Espérance (Tunísia) – através do ranking da CAF

CONCACAF – A definir (uma vaga restante + uma vaga do país-sede)

Monterrey (México) – Campeão da Liga dos Campeões da CONCACAF de 2021

Seattle Sounders (EUA) – Campeão da Liga dos Campeões da CONCACAF de 2022

León (México) – Campeão da Liga dos Campeões da CONCACAF de 2023

OFC

Auckland City (Nova Zelândia) – Campeão da Champions League da Oceania

Foto: Getty Images

Quando vai ser o novo Mundial de Clubes?

A competição será como “a Copa do Mundo de Clubes” e será realizada a cada quatro anos. A primeira edição do Mundial de Clubes será entre 15 de junho e 13 de julho de 2025.

Foto: Getty Images

Onde será a primeira edição do novo Mundial de Clubes?

A Fifa, organizadora do torneio, confirmou que o novo Mundial de Clubes será disputado nos Estados Unidos. A sede foi definida por unanimidade pelo conselho da entidade. Isso se deve ao fato de, no ano seguinte, em 2026, acontecer a Copa do Mundo de seleções nos Estados Unidos, México e Canadá.

A entidade relatou que a escolha do local se deu, entre outros fatores, pela infraestrutura e pelos objetivos estratégicos da Fifa. A organização, além disso, afirmou que o país se provou um líder de sede de eventos globais. A expectativa é que este local seja tratado como uma espécie de ‘teste’ para o torneio entre seleções. A competição estava originalmente programada para acontecer na China.

Foto: Getty Images

Por que o Mundial de Clubes ainda não aconteceu com o novo formato?

Em 2019, o presidente da Fifa Gianni Infantino havia confirmado que o torneio entre clubes seria alterado e teria, não sete como o atual modelo e nem 32, como no formato confirmado, mas 24 equipes. A estreia do novo Mundial seria em 2021, mas a pandemia da Covid-19 acabou atrasando os planos da Fifa, que optou por esperar e manteve o modelo ‘clássico’ do torneio.

Foto: Goal.com

Dupla Aposta